| |

Tirar ideia corporativa do papel

blog

Tirar ideia corporativa do papel

Tirar ideia corporativa do papel

Neste artigo, a equipe do Espaço Fit Eventos fala sobre como tirar uma ideia corporativa do papel e aplicá-la na prática. 

Não são poucas as pessoas que possuem sonhos de empreender, possuir seu próprio negócio ou simplesmente crescer em sua profissão. Para tal, muitos trajetos e objetivos são traçados, enumerados em listas que, em tese, serviriam para dar norte durante o percalço profissional. Contudo, por vezes, tais ideias e metas podem ficar estagnadas, presas ao papel, não encontrando maneiras de aplicarem-se de modo prático. Por conta disso, o Espaço Fit listou 4 dicas de como tirar uma ideia do papel.

Identifique as possibilidades e variáveis: o primeiro passo para aplicar uma ideia é identificar de modo preciso quais as reais possibilidades e problemas que esta implica. É fundamental entender quais habilidades e recursos serão necessários para que o projeto se edifique. Neste sentido, conversar com outras pessoas a respeito do projeto pode ser uma excelente forma de identificação de variáveis;

Estude a concorrência: após identificar problemas e vislumbrar possíveis soluções, é necessário um aprofundamento no segmento do projeto. Isto é, é preciso saber quais soluções e deficiências já existem na área. Estude seu público-alvo, suas críticas e seus níveis de satisfação, seus hábitos de consumo. Domine a concorrência, suas potencialidades e deficiências, objetivando sempre oferecer um serviço ou produto que chame mais a atenção do público;

Esteja atento no desenvolvimento do projeto: melhor do que avaliar um projeto somente em sua conclusão é testá-lo durante seu desenvolvimento. Especialistas recomendam a criação de modelos de teste, como protótipos, que ofereçam uma versão simplificada e objetiva do produto final. Com ele, será possível avaliar as possibilidades de sucesso e possíveis desvantagens e falhas a serem corrigidas;

Arrisque, lance: um dos principais entraves que estagnam projetos é o medo e a insegurança de seus idealizadores em lançá-los a público. Arrisque-se, sem medo! Sua paixão e esforços investidos nunca serão em vão. Boa sorte! 🙂

Conteúdos relacionados