Como sobreviver à crise?
blog

Como sobreviver à crise?

Em tempos de crise econômica em uma empresa, é fundamental que novas ideias surjam e a criatividade torne-se uma aliada de líderes, gestores e profissionais, uma vez que somente com tais habilidades torna-se possível vencer as dificuldades impostas e evitar prejuízos mais severos, como cortes de profissionais, fechamentos negativos e até mesmo a declaração de falência. Tal máxima tem feito parte da rotina de gestores brasileiros há meses, o que faz com que estes repensem constantemente suas estratégias e técnicas. Mas como sobreviver a um momento de crise?

Em primeiro lugar, é necessária uma maior conscientização sobre os riscos assumidos durante a crise. Em meio a um chão incerto, repleto de instabilidade, é preciso que as ações sejam repensadas e fundamentadas em planejamentos que visem diminuir a incidência de riscos, evitando gastos e esforços desnecessários. Entende-se, assim, que assumir riscos profissionais de modo sensato é a melhor forma de não cometer erros.

Líderes e gestores devem incentivar seus colaboradores a “vestirem a camisa” da empresa e lutarem contra os efeitos do período de retração, externando suas ideias, sugestões e, principalmente, dando o melhor para si para a causa. É fundamental, ainda, que todos os colaboradores sejam igualmente valorizados e reconhecidos em suas respectivas tarefas e atribuições, de modo que estes sintam-se motivados a contribuir para a luta contra a crise.

Sobretudo, momentos de crise profissional demandam pulso firme e determinação. Todo líder deve entender e lembrar que sua equipe conta consigo para vencer e driblar os efeitos negativos da situação de retração econômica. Por isso, nada de se esconder, ter medo e se achar incapaz. Neste sentido, diante aos reflexos da crise, todo gestor deve buscar adotar uma postura positiva dentro do ambiente de trabalho, evitando propagar sensações de pessimismo e negatividade para sua equipe, engajando-os de modo motivacional.

Conteúdos relacionados